Categorias

    COVID-19: nota visa garantir a saúde dos moradores do Bairro Frei Damião

    Uma série de movimentos sociais,  Associação de Moradores do Frei Damião, IGENTES e o IBDU lançaram uma nota que visa garantir a saúde e a vida de 12 mil pessoas que habitam o Bairro Frei Damião, localizado em Palhoça e conhecido como a maior favela de Santa Catarina. Também se destaca a comunidade Beira Rio, com 1114 famílias em vulnerabilidade.

    Segundo a nota, existem casas que não possuem condições sanitárias adequadas, além de altos índices de coabitação e densa presença de população de risco. Com o coronavírus a situação desta comunidade somente piorou, tendo um abandono do poder público, que não lhes forneceu orientações sobre a COVID-19, nem assistência médica ou atendimento da assistência social.

    Diante dessa situação, a Associação de Moradores do Frei Damião e o IGENTES ajuizaram uma ação civil pública para que o município de Palhoça, o estado de Santa Catarina e a União para que adotem medidas preventivas à propagação do Coronavírus, assim fazendo uma série de requisições.

    CONFIRA AS REQUISIÇÕES AQUI