Instituto Brasileiro
de Direito Urbanístico

Livraria Virtual

Direito à Cidade: uma outra visão de gênero

APRESENTAÇÃO


Com muita satisfação, o Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico - IBDU lança o segundo volume da linha editorial “Direito à Cidade - Novos Olhares”, composta por publicações coletivas com o intuito de promover reflexões sobre o direito à cidade a partir de recortes de gênero, raça, diversidade sexual e identidade de gênero.


O primeiro volume já lançado, dedicou-se a discutir o direito à cidade a partir de um olhar de gênero. Para isso, contamos com a colaboração de dezesseis mulheres que abordaram temáticas como mobilidade urbana, conflitos fundiários, direito à saúde, direitos sexuais e reprodutivos, formulação de políticas públicas, luta por moradia, dentre outros. A receptividade desta primeira publicação, demonstrou o quanto essas percepções são necessárias e urgentes na atualidade.


No entanto, desde a idealização do projeto editorial - que foi concebido para o mês de março em referência ao dia internacional da mulher -, já tínhamos clareza de que uma única edição não poderia suprir todas as abordagens possíveis, mesmo que dentro de um só recorte, como o de gênero feminino.


Por isso, para este novo volume, convidamos mais mulheres a contar suas vivências e percepções acerca do direito à cidade, por meio de pequenos textos, ensaios e imagens. Essas autoras, em sua maioria ativistas e militantes, ajudaram-nos a dirigir o olhar para questões não exploradas no primeiro volume. As intersecções entre raça e gênero, por exemplo, são muito mais marcantes neste volume dialogando com o dia 25 de julho, o dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha.


Por reconhecer as desigualdades que se colocam nos territórios, de variadas formas, o IBDU visa ampliar essas vozes para que ecoem entre os círculos acadêmicos, militantes, ou de formulação de políticas, que tratam de assuntos relativos ao planejamento urbano. Mas, principalmente, que esse debate supere as fronteiras dos grupos já iniciados e possa chegar a população de uma maneira geral.


Considerando o empenho de todas que abraçaram essa proposta de construção coletiva, agradecemos imensamente as autoras que aceitaram o nosso convite, assim como as fotógrafas que ilustram o livro, e a designer gráfica que deu forma e identidade visual a este trabalho.


Entendemos que o papel de publicações como essa não é esgotar os debates ou fechar questões, pois a historicidade e complexibilidade dos temas não cabe e nem se resolve em um conjunto de textos. A intenção é muito mais lançar provocações e algumas reflexões no sentido do acúmulo coletivo. Não temos, ainda, qualquer pretensão em ser pioneiras, pois reconhecemos e valorizamos que muitas outras mulheres têm contribuído para o direito à cidade, nem sempre em produções técnicas e acadêmicas, mas igualmente ou até mais importantes. Nossos passos vêm de longe! 


Salve Carolina Maria de Jesus!

 

Boa leitura!


CLIQUE AQUI PARA CONHECER A PUBLICAÇÃO

 


Enquete


Em breve mais enquetes.

IBDU - Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico - Rua Araújo, 124 - República - São Paulo, SP CEP: 01220-020

Copyright 2013 IBDU - Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico
Desenvovido por:Interagi Tecnologia